Um idoso de 66 anos foi preso e trazido para Osório na manhã desta quarta-feira (20) após admitir ter matado a ex-mulher e a amiga no bairro Salinas, em Torres, no Litoral Norte. O motivo, conforme a investigação da Polícia Civil, era de que Manoel Assis Vitorino não admitia ter sido obrigado a sair de casa pela ex-esposa.
De acordo com a Brigada Militar, a primeira morte ocorreu ainda na noite de quarta. Maria Zoraide Pacheco, de 55 anos, ex-mulher do autor, morreu após ser atingida por várias facadas. O outro crime ocorreu nesta manhã. A amiga de Maria, Jurema dos Santos Martins, 53 anos, foi até o local para ver o que havia acontecido. Ao chegar lá, também foi esfaqueada e morta.
Segundo o delegado Celso Jaeger, o idoso, que trabalhava como ferreiro, estava embriagado quando cometeu o crime. Ele foi preso em flagrante por duplo homicídio e levado para a Penitenciária Modulada de Osório. A faca foi apreendida.


There is no ads to display, Please add some