Uma nuvem de fumaça cobriu a cidade de Osório na tarde desta quinta-feira (16). Segundo o Corpo de Bombeiros, a névoa teria sido ocasionada pelo incêndio que está atingindo a Área de Proteção Ambiental (APA) do Banhado Grande. O local está localizado entre os municípios de Santo Antônio da Patrulha (Litoral Norte); Glorinha, Gravataí e Viamão (região Metropolitana).

Segundo a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA), o fogo teria atingido aproximadamente dois quilômetros de extensão. Segundo moradores, as chamas teriam começado há alguns dias. Um helicóptero da Polícia Civil está auxiliando no combate ao incêndio jogando jatos de água nos locais de difícil acesso. Militares do Exército e integrantes da Associação Voluntária de Proteção Animal de Bento Gonçalves (APABG) também ajudam no combate as chamas. Já as equipes da SEMA e da Patrulha Ambiental (Patram) da Brigada Militar (BM) seguem monitorando a situação. A causa do incêndio segue sendo investigada.

Esse é o segundo incêndio que atinge a área apenas nesse mês de abril. Conforme a Secretaria Estadual relatou, a falta de chuva na região contribui para o aumento de incêndios na área. Já a explicação para que a fumaça tenha se espalhado para outras cidades foi devido aos fortes ventos que vem atingindo principalmente o Litoral nas últimas semanas.

Conforme a diretora de Meio Ambiente da Prefeitura de Santo Antônio, a bióloga Jordana Gomes disse que a situação é crítica e que os danos à fauna e a flora são até o momento são imensuráveis.

Vale ressaltar que o Banhado Grande ocupa uma área de aproximadamente 137 hectares. Ele abrange parte dos Biomas Pampa e Mata Atlântida, possuindo uma biodiversidade vasta; além de ocupar 2/3 (dois terços) da Bacia Hidrográfica do Rio Gravataí.

Foto: PMSP


There is no ads to display, Please add some