O que era para ser uma simples partida de futebol amador virou uma tragédia no município de Tulancingo, no México. O jogador Ruben Rivera Vázquez ficou irritado ao ser expulso de campo e deu uma cabeçada no rosto do árbitro Victor Trejo, de 59 anos.

O incidente aconteceu no jogo entre as equipes Canarios e Lindavista, neste final de semana. O juiz desmaiou na hora, sofreu hemorragia e traumatismo craniano. Uma equipe de paramédicos foi chamada até o local, mas o homem já não tinha mais sinais vitais.

Ao saber da morte do árbitro, o jogador fugiu de carro. A polícia local já iniciou uma operação para encontrá-lo, mas, até o momento, Ruben Rivera não foi localizado. Os companheiros de equipe o identificaram para os agentes e entregaram o endereço do atleta.

Em entrevista ao jornal El Universal, Alejandro Monzalvo, do Colégio de Árbitros de Pachuca, criticou a situação da categoria no futebol amador do México, onde se ganha um salário de 300 a 500 pesos.

— Se um jogador te agride, não tem como detê-lo e estamos conscientes disto — desabafou.