No domingo (23), o Grêmio se sagrou campeão do Campeonato Gaúcho de 2021. O 40º título do Gauchão foi conquistado após o empate em 1 a 1 com o Internacional, em partida realizada na Arena do Grêmio. O resultado foi o suficiente para coroar a equipe com a conquista, visto que havia vencido o Inter no primeiro jogo da decisão pelo placar de 2 a 1.

O tetra consecutivo do Grêmio, algo que não acontecia há 33 anos, foi conquistado de maneira justíssima. A equipe, além do título, terminou com a melhor campanha disparada da competição. Ao todo, foram 15 jogos, 10 vitórias, quatro empates e uma derrota. O time teve o melhor ataque com 30 gols marcados (ao lado do Inter) e também a melhor defesa, com 12 gols sofridos.

Na seleção do Campeonato, três nomes gremistas: o goleiro Brenno e os atacantes Diego Souza e Ferreira. Diego Souza foi o artilheiro do Gauchão com sete gols marcados. Já Ferreirinha foi escolhido o craque, tanto das finais, quanto de todo a competição.

Fora dos melhores do Gauchão, dois atletas nascidos no Litoral Norte gaúcho fizeram parte do elenco gremista e ajudaram o tricolor a conquistar o Gauchão: o meio-campo osoriense Victor Bobsin e o zagueiro tramandaiense Ruan Tressoldi.

FOTO 1: Divulgação

VOLANTE OSORIENSE

Cria da base gremista e nome presente nas seleções de base do Brasil, Bobsin sempre foi apontado com uma grande promessa, mas as lesões acabaram o atrapalhando. Em 2021, o jogador de 21 anos, conseguiu se livrar das lesões e ser aproveitado no time principal do Grêmio. O tricolor precisou rodar a equipe no início do Gauchão, devido à disputa de outras competições, o que acabou dando mais oportunidades aos jovens da base, como aconteceu com o atleta osoriense.

Bobsin acabou sendo relacionado para o jogo contra o Aimoré (2×0 para o Grêmio), em Porto Alegre, mas acabou não entrando. A estreia viria na partida seguinte, no dia 23 de março. O meia entrou no final do jogo e nada pode fazer para evitar o empate em 1 a 1 contra o São José.

Já a estreia como titular ocorreu no duelo contra o São Luiz, em Passo Fundo, em 1º de abril. No duelo que terminou empatado em 2 a 2, o jogador ficou em campo por 63 minutos, realizando uma partida segura na defesa, ajudando a afastar os perigos de gol criados pela equipe de Ijuí. Após esse jogo, Bobsin atuou em mais um jogo: na vitória de 3 a 1 contra o Novo Hamburgo, na Arena.

Ao todo, o osoriense foi relacionado para sete partidas do Campeonato Gaúcho. Ele acabou entrando em quatro delas, sendo uma como titular, somando um total de 104 minutos jogados. Além disso, Bobsin têm três jogos pela Copa Sul-Americana, incluindo as vitórias de 2 a 1contra o La Equidad (Equador) e os 6 a 2 contra o Aragua (Venezuela).

Bobsin e seu staff seguem negociando a renovação de contrato com o Grêmio, o qual termina no dia 31/12 de 2021. Caso fique, a expectativa é que no decorrer da temporada, com o Grêmio disputando três competições simultâneas (Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Sul-Americana), é que o jogador seja mais aproveitado pelo técnico Tiago Nunes.

Foto 2: Lance

Zagueiro Ruan foi titular no Grenal da final do Gauchão, jogo que deu o tetracampeonato para o Grêmio.

ZAGUEIRO DE TRAMANDAÍ

Ao contrário de Bobsin, Ruan parece estar cada vez mais firmado no time principal do Grêmio. O zagueiro de 21 anos foi favorecido pelas seguidas lesões da dupla de zaga titular formada por Pedro Geromel e Walter Kannemann, sem contar a queda técnica de Rodrigues e Paulo Miranda, além da saída de David Braz (para o Fluminense-RJ) e aproveitou suas chances como titular para firmar sua vaga no time.

O tramandaiense esteve em campo em 12 das 15 partidas do Grêmio no Gauchão, incluindo os dois jogos da final contra o Internacional. Com Ruan em campo o tricolor venceu oito, empatou três e perdeu apenas um confronto; o 2 a 1 para o Juventude, em Bento Gonçalves. Ao todo, são 1.009 minutos jogados e cinco cartões amarelos recebidos.

O jogador já impressiona não apenas pela segurança defensiva, mas também por auxiliar nas ações ofensivas seja com passes longos ou arrancadas, sem contar a versatilidade, visto que já precisou atuar como lateral direito, quando o Grêmio acabou sofrendo na posição por conta dos desfalques pela Covid. Ruan é visto com o substituto de Geromel e de acordo com o presidente gremista, Romildo Bolzan, ele não deve ser vendido por valor abaixo da sua multa, que é hoje de 50 milhões de euros (aproximadamente 324 milhões de reais). Segundo informações, o zagueiro teve uma proposta em 2020 de R$ 22 milhões, do Genk da Bélgica, a qual foi recusada por Romildo. O contrato de Ruan com o Grêmio vai até o final de 2022.