A Secretaria do Meio Ambiente em uma de suas primeiras atuações foi focada na retirada de material que ao longo do tempo assoriou a lagoa e permitiu que uma vegetação se desenvolvesse reduzindo a lâmina d’água e também a área da lagoa. Neste sentido no dia 15 de fevereiro o prefeito Roger, o vice Martin Tressoldi e o secretário de Meio Ambiente Fernando Campani assinassem a Ordem de Serviço com a empresa que já está realizando o trabalho de dragagem do material.

A previsão é de que os trabalhos de retirada de toneladas do material ocorram em seis meses, caso o tempo permitir o ritmo normal das atividades.

O parque da Lagoa do Marcelino está com acesso fechado pela rua da Lagoa e interrompido próximo a rua Voluntários da Pátria, devido às restrições, mas não impede o acesso a pé e de que as pessoas possam verificar o andamento dos trabalhos.

Uma grande área já teve a retirada da vegetação e a draga está dentro da área da lagoa sobre o aterro resultante do assoreamento. Ao final dos trabalhos estão previstas várias obras de recuperação do local e com a chegada das chuvas certamente os osorienses vão poder ver o tamanho real da lagoa.

O local é um dos mais belos locais da cidade que foi reintegrado à cidade e que é muito frequentado pelas pessoas que gostam de uma caminhada e chimarrão ao ar livre.


There is no ads to display, Please add some