Por unanimidade, os cinco diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovaram o uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford contra a Covid-19. A decisão saiu na tarde de domingo (18). Em ato realizado no Hospital das Clínicas, em São Paulo (SP), a enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos de idade, foi a primeira brasileira (moradora no país) a tomar a vacina contra o novo coronavírus.

A distribuição das 4,6 milhões de doses teve início ainda no domingo, sendo entregues para 10 estados, incluindo o RS, e o Distrito Federal. Segundo o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, o Instituto Butantan recebeu nesta segunda-feira (18), um ofício pedindo celeridade no envio do pedido de autorização à Anvisa para a produção de mais dois milhões de doses da CoronaVac. A documentação deve ser analisada até 31 de março.

No RS, as primeiras 341,8 mil doses da vacina já chegaram e a distribuição para os municípios já começou a ser feita. Deste total, 311.680 doses vão ser para os grupos prioritários (profissionais da saúde da linha de frente e idosos que vivem em instituições de longa permanência) e outras 30.120 à população indígena. A primeira pessoa vacinada no Estado foi uma enfermeira. *O ato simbólico ocorreu na noite de ontem (segunda-feira), em Porto Alegre.

No Litoral Norte gaúcho, a entrega vai ser realizada na18a Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), em Osório, a qual fica responsável pelo repasse da vacina as 23 cidades da região. Não há um número certo de vacinas disponíveis para cada município. O prefeito de Osório, Roger Caputi, se pronunciou pelas redes sociais e afirmou que: “Estamos prontos para vacinar a população osoriense, assim que a vacina chegar até o nosso município”. Vale ressaltar que mesmo com a vacinação, as medidas protetivas continuam. Por tanto, os cuidados como o uso de máscara e álcool em gel não podem ser deixados de lado.

*Até o final dessa edição, às 19h desta segunda-feira (18/01), não havia sido realizada o ato da primeira vacinação no RS, marcado para as 21h. Mais informações do ocorrido, você pode ver na edição de sexta-feira (22/01).

Foto: Danilo Fernandes