A região de Capão da Canoa (R04 e R05), a qual abrange os 23 municípios do Litoral Norte permanece em bandeira vermelha pela quarta semana consecutiva. Segundo o mapa da 31a semana do Distanciamento Controlado, além do Litoral, outras 19 regiões do Estado estão com risco alto para a proliferação do novo coronavírus. Apenas uma região está em bandeira laranja (risco médio para a proliferação da Covid-19): Taquara (R06). Nenhuma região ficou na bandeira amarela (risco baixo) ou preta (risco altíssimo).

Segundo o governo do Estado, todo o RS apresentou uma piora nos indicadores. Entre as maiores variações estão o número de casos de Covid-19 ativos (aumento de 20%), os internados em leitos clínicos com Covid-19 registrados nos últimos sete dias (+15%) e os óbitos nos últimos sete dias (+29%). Contabilizando os pacientes internados por outras causas nesta semana, houve praticamente estabilidade no número de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) ocupados. Com a manutenção do total de leitos e o aumento de 3% nos pacientes confirmados internados em UTI, houve nova redução da razão de leitos livres para cada ocupado por Covid-19, chegando ao menor nível desde o início do Distanciamento Controlado: 0,62.

ALERTA

A equipe que monitora os indicadores do modelo de Distanciamento Controlado chama atenção para a contínua redução de leitos livres de UTI para atender Covid no Estado.  Há duas semanas, havia 626 leitos de UTI livres para pacientes contaminados pela Covid-19. Na semana passada, eram 522 e, nesta semana, o número caiu para 496. Já são duas semanas consecutivas que o indicador da Mudança da Capacidade de Atendimento, mensurado no Estado, apresenta taxas de variação negativa.

Vale ressaltar que o governo do Estado já anunciou que vão ser abertos mais 113 leitos nos próximos dias, totalizando 1.986 leitos de UTI SUS adulto – aumento de 113% ao total antes da pandemia, que era de 933 unidades.

LITORAL NORTE

Dos seus quatro indicadores regionais, Capão da Canoa alcançou classificação de risco máximo (bandeira preta) em três deles. É o caso do número de hospitalizações por Covid-19 nos últimos sete dias, do número de hospitalizações por Covid-19 para cada 100 mil habitantes e da projeção de óbitos. O indicador do estágio de evolução da doença obteve bandeira laranja.

Houve aumento nos registros de hospitalizações para Covid-19 nos últimos 7 dias, que passaram de 45 para 59 registros nesta semana, crescimento de 31%. Com o registro de 23 óbitos nos últimos sete dias, houve crescimento de 92% em relação aos registrados na semana anterior (12 óbitos). No caso do indicador de Ativos sobre Recuperados, a região registrou 1.121 ativos para 2.767 recuperados, representando uma estabilização no valor dado pela razão em comparação a semana anterior.

Destaca-se que, além do crescimento, a quantidade de novas hospitalizações em proporção da população é bastante elevada, refletindo na bandeira preta para o indicador de incidência na região.

PRINCIPAIS DADOS DA 31ª RODADA

• Número de novos registros semanais de hospitalizações confirmadas com Covid-19 aumentou 12% entre as duas últimas semanas (de 1.047 para 1.174) no RS;

• Número de internados em UTI por SRAG aumentou 4% no Estado entre as duas últimas quintas-feiras (de 928 para 966);

• Número de internados em leitos clínicos com Covid-19 aumentou 15% entre as duas últimas quintas-feiras (de 1.183 para 1.1357);

• Número de internados em leitos de UTI com Covid-19 aumentou 3% entre as duas últimas quintas-feiras (de 775 para 799);

• Número de leitos de UTI adulto livres para atender Covid-19 no RS reduziu 5% entre as duas últimas quintas-feiras (de 522 para 496);

• Número de casos ativos aumentou 20% entre as duas últimas semanas (de 21.348 para 25.656);

• Número de registros de óbito por Covid-19 aumentou 29% entre as duas últimas quintas-feiras (de 276 para 357).

LEGENDA MAPA

Bandeira Laranja: Região de Taquara (06).

Bandeira Vermelha: Regiões de Santa Maria (01 e 02); Uruguaiana (03); Capão da Canoa (04 e 05); Novo Hamburgo (07); Canoas (08); Guaíba (09); Porto Alegre (10); Santo Ângelo (11); Cruz Alta (12); Ijuí (13); Santa Rosa (14); Palmeira das Missões (15 e 20); Erechim (16); e Passo Fundo (17 a 19); Pelotas (21); Bagé (22); Caxias do Sul (23 a 26); Cachoeira do Sul (27);Santa Cruz do Sul (28) e Lajeado (29 e 30).