O número de casos de Coronavírus no Litoral Norte não para de subir. Segundo a 18a Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), nesta terça-feira (7), o número de pessoas com Covid-19 chegou a 1.053, nos 23 municípios da região. A predominância segue em Osório, que contempla mais de um quarto (26%) do total de casos.

Segundo o Boletim divulgado pela prefeitura municipal, no final desta terça, dos 1.610 testes realizados no município, 274 deram positivos. Desses, 194 pessoas estão curadas (70,8%), 72 em isolamento domiciliar, três estão na Unidade de Internação do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), duas na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e três acabaram falecendo. Outros 1.328 testes deram negativos e oito seguem aguardando resultando. Ainda segundo o Boletim, outras quatro pessoas estão internadas na UTI do HSVP com o novo coronavírus. Esses quatro pacientes não são residentes de Osório e, portanto, não contabilizam para os dados do município. Até o momento, seis dos 10 leitos de UTI do HSVP estão ocupados.

Além de Osório, Outras duas cidades da região passaram dos 100 casos de Covid-19: Capão da Canoa (123) e Torres (119). Somados os três municípios contemplam 49% total de casos confirmados no Litoral Norte. A seguir veja como está a situação em cada cidade:

Osório: 274 casos (194 curados); Capão da Canoa: 123 casos (65 curados); Torres: 119 casos (85 curados); Tramandaí: 87 casos (50 curados); Santo Antônio da Patrulha: 81 casos (50 curados); Três Cachoeiras: 62 casos (46 curados); Imbé: 51 casos (26 curados); Terra de Areia: 44 casos (33 curados); Cidreira: 41 casos (23 curados); Caraá: 39 casos (32 curados); Xangri-lá: 25 casos (17 curados); Maquiné: 21 casos (19 curados); Palmares do Sul: 16 casos (12 curados); Balneário Pinhal: 15 casos (11 curados); Arroio do Sal: 13 casos (11 curados); Itati: 10 casos (nove curados); Dom Pedro de Alcântara: 7 casos (um curado); Capivari do Sul: 6 casos (nenhum curado); Morrinhos do Sul: 6 casos (todos curados); Três Forquilhas: 5 casos (todos curados); Mampituba: 4 casos (um curado); Mostardas: 2 casos (todos curados); e Tavares: 2 casos (nenhum curado).

Dos 1.053 diagnosticados com Covid-19 na região, 691 pessoas estão recuperadas da doença, o que equivale a 65,6% dos diagnosticados com o novo coronavírus na região. Além dessas, 335 pessoas seguem em tratamento em casa ou em hospitais do Litoral Norte e de Porto Alegre, e outras 27 pessoas faleceram por Covid-19, sendo seis mortes apenas no mês de julho. Os óbitos ocorreram nas cidades de Capão da Canoa (4), Santo Antônio da Patrulha (4), Tramandaí (4), Imbé (3), Osório (3), Arroio do Sal (2), Cidreira (2), Caraá (1), Terra de Areia (1), Torres (1), Três Cachoeiras (1) e Xangri-lá (1). Três mortes foram confirmadas nesta segunda-feira (6).

NOVOS ÓBITOS

A prefeitura de Santo Antônio da Patrulha confirmou a quarta morte por Covid-19 na cidade. Trata-se de uma mulher de 74 anos de idade. Ela estava internada na UTI do Hospital de Osório, onde acabou falecendo na manhã desta segunda. No sábado (4), uma mulher de 66 anos de idade, já havia falecido de Covid-19. Outro óbito confirmado nesta segunda-feira foi de um homem de 72 anos. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Imbé, essa foi a terceira morte pela doença no município.

Osório também registrou a terceira morte por causa do novo coronavírus. A confirmação ocorreu no Boletim divulgado pela prefeitura local no final desta segunda-feira (6). Segundo a secretária de Saúde do município, Silvia Oliveira, a vítima é um homem de 91 anos de idade, que estava internado na enfermaria do HSVP. O paciente era diabético e sofria de outras comorbidades. Para fechar, ainda no domingo (5), a prefeitura de Terra de Areia confirmou a primeira morte por Covid-19 na cidade. Trata-se de uma mulher de 79 anos. Segundo nota da prefeitura, ela sofria de outras doenças. Com isso, chega a 10 o número de cidades com vítimas do Coronavírus no Litoral Norte gaúcho.

As 27 vítimas tinham entre 23 e 103 anos e sofriam de outras comorbidades como diabetes, hipertensão (pressão alta), problemas cardíacos e respiratórios. A taxa de letalidade da Covid-19 no Litoral Norte é de 2,5%, sendo maior que a do Estado, que é de 2,3%. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o Rio Grande do Sul já tem aproximadamente 32,4 mil casos da doença, com 759 óbitos. Em relação aos recuperados, o número já chegou a aproximadamente 27,7 mil pessoas, o que equivale a 85% do total de diagnosticados com o novo coronavírus em todo o Estado.