Própria para banhoPela quarta semana consecutiva, o relatório de balneabilidade realizado pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) indica que os 33 pontos de monitoramento da Região Hidrográfica do Litoral Norte apresentam condição própria para banho.

No Litoral Médio, dois locais estão impróprios: a região da guarita 15 do Balneário Cassino, em Rio Grande, e a Praia da Barrinha, no município de São Lourenço do Sul. No Litoral Sul, apenas um ponto monitorado não está apto para banho: a área junto ao Camping Municipal, no município de Pedro Osório.

Na Região Hidrográfica do Uruguai, outros três pontos estão sem condições de banho. São eles: a Praia das Areias Brancas, em Rosário do Sul, o Balneário Poço das Pedras, em São Francisco de Assis, e o Balneário Distrito Ernesto Alves, em Santiago. Da mesma forma como ocorreu na semana passada, não foi possível fazer a coleta no balneário Passo do Silvestre, no município de Itaqui, e no balneário de Jacaquá, no município de São Francisco de Assis, devido a chuvas intensas e inundações.

Em outros seis pontos da Região Hidrográfica do Guaíba também não é recomendado o banho. Na Praia Carlos Larger, em Candelária, nas praias da  Alegria e da Florida, em Guaíba, no Balneário Nova Palma, em Nova Palma, no Balneário Passo do Verde, em Santa Maria, e na Praia do Encontro, no município São Jerônimo.

Nesta região as chuvas intensas e inundações impediram a coleta de amostras de água nos balneários de Praia Nova, no município de Cachoeira do Sul, e no balneário Santa Vitória, em Rio Pardo.

Pontos monitorados

As placas que indicam a condição de banho estão instaladas junto aos locais de amostragem. Os pontos monitorados estão assim distribuídos:

– Região Hidrográfica do Guaíba: 14
– Região Hidrográfica do Uruguai: 12
– Região Hidrográfica do Litoral: 57, sendo 33 pontos no Litoral Norte, 19 no Litoral Médio e 5 no Litoral Sul.

Informações gerais

Frequência das coletas: semanal
Divulgação dos resultados: sextas-feiras pela manhã
Parâmetro analisado: Escherichia coli em NMP/100 mL e Coliformes Termotolerantes, conforme resolução 274 do Conama

Indicações

I = IMPRÓPRIA
Quando em 80% ou mais de um conjunto de amostras coletadas nas últimas cinco semanas anteriores, no mesmo local, houver, no máximo, mil Coliformes Termotolerantes ou 800 Escherichia coli por 100 mililitros.

P = PRÓPRIA
Quando em mais de 20% de um conjunto de amostras coletadas nas últimas cinco semanas anteriores, no mesmo local, os resultados das análises forem superiores a mil Coliformes Termotolerantes ou 800 Escherichia coli por 100 mililitros, ou quando o valor obtido na última amostragem for superior a 2,5 mil Coliformes Termotolerantes ou 2 mil Escherichia coli por 100 mililitros.

Os resultados completos com as informações e todos os locais monitorados estão disponíveis no site da Fepam, no banner Projeto Balneabilidade 2015-2016.

Verão Para Todos

O projeto Verão para Todos reúne ações de lazer, serviços e infraestrutura em todo o Litoral, um esforço do governo do Estado para melhorar a vida das milhares de pessoas que viajam durante a temporada. O projeto é resultado de um trabalho conjunto com mais de 30 órgãos do governo que se empenharam para oferecer serviços de qualidade para as pessoas.

Dentro da programação do Verão para Todos ocorre o projeto Beira de Praia (parceria público-privada, através do Pró-Esporte), que durante cada final de semana oferece atividades gratuitas de lazer e esportivas. Uma estrutura com cancha de futebol, vôlei e bocha estará à disposição dos veranistas. Também terá um espaço para empréstimo de materiais esportivos: kit de bocha, bolas e coletes para futebol e vôlei, bola e raquete para beach tênis, e guarda-sóis.

Texto: Catarina Gomes/Fepam
Edição: Cristina Lac/Secom