HD_20131219112049foto0Durante todos os anos, no período de novembro a meados de março, a Polícia Civil realiza a Operação Verão com o objetivo de atender as demandas de segurança nas áreas de maior concentração de turistas, inclusive estrangeiros. Os locais abrangidos são: Serra Gaúcha, Fronteira, Costa Doce e Litorais Norte e Sul, onde há reforço do efetivo policial em Delegacias de Polícia nessas regiões, atendendo a uma demanda que cresce anualmente em razão do aumento populacional.

Nos primeiros 15 dias da realização da operação verão, foram instaurados 2.169 procedimentos policiais, o que abrange inquéritos policiais, termos circunstanciados e procedimentos que envolvem adolescentes. O diretor da Divisão de Assessoramento Especial (DAE/DPI), delegado Eduardo Santanna Finn destacou o número de remessa de inquéritos policiais como um dos dados mais relevantes até o momento, pois dos 1.169 inquéritos policiais instaurados, já foram remetidos 1.062 à Justica.

Além desses dados também destacam-se outros resultados como o cumprimento de 132 Mandados de Busca e Apreensão (MBAs) e a realização de 71 prisões por ordem judicial sendo elas 45 por mandado judicial, 9 prisões temporárias e 17 prisões preventivas.

Este balanço dos primeiros 15 dias foram apresentados pelo Diretor da DAE/DPI, delegado Eduardo Santanna Finn em reunião de avaliação da SSP, em Capão da Canoa, no dia 08/01/2016, onde também esteve presente o titular da 23ªDPR de Osório, delegado Heraldo Chaves Guerreiro. Ao final do encontro o secretário da Segurança Pública, Wantuir Jacini, informou que a próxima reunião está prevista para a primeira semana de fevereiro.

Fonte: DCS/Operação Verão