A Marinha do Brasil confirmou nesta segunda-feira (11) que irá instaurar um inquérito para averiguar os motivos de um acidente a bordo de um barco pesqueiro de Itajaí (SC). O caso ocorreu no último sábado (9) na costa do Litoral Norte gaúcho.

Um pescador de 60 anos de idade ficou ferido gravemente com um cabo de aço, tendo dois dedos fraturados e um terceiro amputado, além de sofrer hematomas nas costas e na perna, após sofrer uma queda dentro da embarcação. O barco encontrava-se distante cerca de 20 milhas da costa litorânea, tendo como referência a praia de Cidreira.

Além da Marinha do Brasil, a mobilização envolveu o 9º Batalhão de Bombeiros Militar, a Transpetro e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A Capitania dos Portos de Tramandaí havia recebido na tarde de sábado um pedido de socorro e acionou então a operação. Uma embarcação chegou até o barco pesqueiro para efetuar a remoção da vítima e trazê-la para terra, onde foi então levada para atendimento médico no hospital de Tramandaí.

(Foto: Marinha do Brasil / CP)