LactibomO Mercado Hoffmann, localizado no bairro Vila Nova, na zona sul de Porto Alegre, vendia nesta quinta-feira (22) à tarde o leite da marca Lactibom, proibida pela Vigilância Sanitária e pelo Ministério Público após a Operação Leite Compen$ado 10. O leite vendido é do tipo Longa Vida, em embalagem especial para leite UHT. Com marca do Lote 59, a data de validade do leite é 22 de janeiro de 2016. O litro era vendido à R$ 1,98.

O responsável pelo Mercado Hoffmann foi procurado, e afirmou não saber da notificação, e ordenou que retirassem o leite da venda imediatamente. Segundo ele, a primeira caixa da marca Lactibom chegou ao mercado há 3 semanas, e veio com produto estragado. O leite foi devolvido, e veio outra remessa.

O Ministério Público encontrou leite do tipo C da marca Lactibom sendo vendido em um mercado do município de Soledade. O litro era vendido a menos de R$ 1, quando o preço médio é R$ 1,60.

A promotoria reforça que o consumidor não compre leite da marca Lactibom, e ainda pede que procure o Procon se encontrar o produto nas lojas. A vigilância sanitária está notificando o comércio, para que retire a marca das prateleiras.