16680967O atacante argentino Lionel Messi foi condenado a 21 meses de prisão por fraude fiscal nesta quarta-feira. Segundo o jornal espanhol El País, o pai do jogador também foi condenado com a mesma pena. O melhor jogador do mundo e seu pai foram acusados de defraudar do Estado espanhol, 4,1 milhões de euros através de empresas em paraísos fiscais. As informações são do Jornal Zero Hora.

Ainda de acordo com o periódico, o advogado de Estado pediu 22 meses e 15 dias de prisão para cada um. Ambos foram considerados culpados de três crimes contra a Fazenda da Espanha.

Na Espanha, os juízes decidem suspender a entrada na prisão para condenados quando as sentenças são inferiores a dois anos e os acusados não possuem antecedentes criminais. Apesar da sentença, ainda existe a possibilidade de recurso.

Leo Messi e Jorge Horacio, o pai do jogador do Barcelona, tinham sido julgados em junho por não terem pago, entre 2007 e 2009, os impostos sobre lucros com os direitos de imagem do atleta. Na ocasião, o argentino disse que não “tinha ideia de nada” e que seu pai e os advogados que gerenciavam sua carreira.

ZERO HORA