MINISTRO DO STF PODE ESTAR ENTRE OS MORTOS EM ACIDENTE AÉREO

Resgate do avião no mar de Paraty, RJ (Foto: Marcos Landim/TV Rio Sul)

RJ – Ontem a tarde a notícia da queda de um avião em Paraty, no Rio de Janeiro sacudiu o meio jornalístico a partir do momento em que se tomou conhecimento de que enre os passageiros estaria o ministro do STF Teori Zavaski.

O avião que caiu em Paraty era um bimotor modelo King Air C90 fabricado pela americana Beechcraft, com capacidade para oito passageiros e transportava apenas quatro, segundo a Força Aérea Brasileira.

A FAB afirmou ainda que a aeronave decolou às 13h01 do Campo de Marte em São Paulo.

Às 14h05, o Sistema de Busca e Salvamento Aeronáutico foi informado do desaparecimento do avião e logo foi informado que havia caído no mar a praticamente dois quilômetros da pista de pouso. A aeronave PR-SOM está registrada em nome da Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleiras Limitada, do empresário Emiliano amigo do ministro.

Teori vinha sendo o centro das atenções nos processos da Lava Jato ao qual era relator e que também está julgando os processos de Lula e outros 77 acusados em delações realizadas nas investigações do maior processo anticorrupção já instaurado no país.

Até o fechamento da desta edição não haviam sido confirmados os nomes dos passageiros e a morte do ministro, mas tendo-se a certeza de que ele se encontrava a bordo da aeronave, segundo o filho divulgou nas redes sociais.


There is no ads to display, Please add some