LagoasPesquisadores do Projeto Lagoas Costeiras (LaCos 3), desenvolvido pela Universidade de Caxias do Sul em parceria com a Petrobras, se fazem presente mais uma vez no Litoral Norte no próximo sábado, dia 28 de novembro, quando será feita a entrega de um laboratório móvel ao município de Osório.

O laboratório – equipado em uma van – conta com 50 itens de material didático e equipamentos para estudos ambientais, entre eles microscópio, estereomicroscópio, modelos didáticos e 36 banners temáticos. Esse laboratório móvel irá percorrer as 25 escolas municipais do Ensino Fundamental de Osório com objetivo de promover maior conhecimento sobre o meio ambiente.

A entrega acontecerá no Complexo da Lagoa do Marcelino, às 14 horas, e contará com a presença do prefeito Eduardo Aluísio Cardoso Abrahão, do secretário de Educação Dilson Maciel, do pró-reitor Acadêmico da UCS professor Marcelo Rossato, do coordenador do Projeto Lagoas Costeiras professor Alois Schäfer, da vice-coordenadora professora Rosane Lanzer, de pesquisadores, de técnicos e de bolsistas do projeto.

Parceria

O Projeto Lagoas Costeiras 3 iniciou em Osório em 2014, com o objetivo de socializar conhecimentos para a gestão sustentada dos recursos hídricos. Nesse município, o projeto contou também com parceria do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Tramandaí, do COREDE Litoral Norte e da Prefeitura Municipal de Osório.

Desde o ano passado, os pesquisadores do LaCos 3 desenvolvem atividades no município, que irão beneficiar 4,1 mil habitantes e indiretamente os 41 mil moradores. Estão sendo estudadas 10 lagoas da região – num total de 23 – e desenvolvido um programa de educação ambiental, com a formação de 400 professores, que serão os multiplicadores junto a seus alunos, e esses junto às suas famílias.

Além disso, o Projeto LaCos 3 está diagnosticando a água subterrânea de poços artesianos, realizando a caracterização do uso real e potencial turístico das lagoas costeiras, elaborando e divulgando as bases para a gestão dos recursos hídricos e de educação ambiental.
A UCS, sempre em parceria com a Petrobras, já promoveu duas fases do Projeto Lagoas Costeiras, com o estudo de 32 lagoas: a primeira fase foi em Mostardas, Tavares, São José do Norte e Santa Vitória do Palmar e, a segunda em Cidreira, Balneário Pinhal e Palmares do Sul.