Uma das maiores universidades privadas do país pode chegar ao Litoral Norte gaúcho: a Pontifícia Universidade Católica do RS (PUC-RS). A prefeita em exercício de Capão da Canoa, Juliana Martim, esteve reunida no início do mês com o diretor do Centro de Apoio e Desenvolvimento Científico e Tecnológico (IDEA), o professor e doutor, Eduardo Giugliani; o coordenador do Curso de Graduação de Engenharia Civil, Felipe Viegas; e o Engenheiro, Renato Solano. Durante o encontro foram debatidos os próximos passos para dar sequência às tratativas para que a PUCRS possa abrir as suas portas na cidade.

Entre as possibilidades discutidas, a PUC-RS poderá oferecer cursos de extensão, pós-graduação, escola politécnica e investimentos em inovação e tecnologia. A construção de um polo tecnológico é um desejo do município que está sendo discutido. Outra possibilidade também é a Universidade auxiliar no desenvolvimento do novo plano diretor oferecendo soluções técnicas para o desenvolvimento da construção civil.

“A possível chegada da PUC-RS a Capão da Canoa é mais um passo no trabalho de atrair grandes investimentos na nossa cidade. Investir em educação é investir no futuro e me sinto muito feliz em promover a conexão entre o mundo acadêmico e a sociedade, por meio de uma Universidade que é referência de excelência em ensino no país“, afirmou a prefeita em exercício de Capão, Juliana Martin.

Em março, haverá uma nova rodada de conversas, desta vez, no Campus da Universidade em Porto Alegre, onde possivelmente surgirá o protocolo de intenções sinalizando como será a parceira. Também estiveram presentes na reunião o secretário de administração de Capão da Canoa, Raphael Ayub; o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscom) do Litoral Norte, Alfredo Pessi; assim como os empresários José Nazale, Duani Teixeira, Antonio Longo e Leandro Oliveira.

Foto: PMCC


There is no ads to display, Please add some