A cidade de Torres segue os trâmites para a instalação do Campus do Instituto Federal Sul Riograndense (IFSul) na cidade. Na segunda-feira (28/06), o prefeito torrense Carlos Souza esteve reunido com o reitor do IFSul, Flávio Nunes, para dar continuidade as tratativas da implantação da unidade de ensino.

Idealizadora do projeto, a vereadora Carla Daitx (Progressistas) também esteve presente na reunião. Segundo ela, o projeto inicial foi apresentado a Souza no início de maio, quando foi solicitado ao prefeito de Torres que oficializasse o pedido, via ofício, para o IFSul. No final de maio, o prefeito torrense entregou o ofício ao IFSul, que o protocolou de imediato no Ministério da Educação, via processo eletrônico. Neste ofício o prefeito coloca como contrapartida da prefeitura um terreno para futura instalação do Campus, demonstrando seu total interesse na abertura da unidade.

Durante o encontro, o reitor do IFSul aproveitou para reiterar a importância da abertura de um campus no município, para contribuir no seu desenvolvimento econômico e social bem como de toda a região. Flávio Nunes reafirmou o interesse do IFSul, apresentou números relevantes de desenvolvimento das cidades onde os institutos federais de educação, ciência e tecnologia estão instalados, bem como conversou sobre o processo de implantação de um campus no Litoral Norte.

Vale ressaltar que a região já conta com um Instituto Federal, instalado em Osório: o IF-RS, o qual possui reitoria em Porto Alegre e conta, atualmente, com 16 Campis. O IFSul tem sede em Pelotas (na região Sul) e conta com 12 Campis. Além desses dois, o Estado ainda possui o Instituto Federal Farroupilha (IFFar), com reitoria em Santa Maria (na região central) e que conta com 13 Campis.

IFSUL EM TORRES

De acordo com o projeto, o Campus do IFSul em Torres deve contar inicialmente com 40 professores e 20 técnicos administrativos, podendo atender aproximadamente mil alunos. Ele deve contar com 12 salas de aula; cinco laboratórios de informática; cinco laboratórios especializados, entre outros espaços. Poderá oferecer cursos técnicos gratuitos nas áreas de turismo, edificações e informática, além de cursos de formação profissional como: Agente de turismo, Inglês, Espanhol, Agente de recepção e reserva de hospedagem, Eletricista predial, Eletricista de sistemas de energia renováveis, Mestre de obras, assim como cursos de nível superior de tecnologia e pós-graduação.

O IFSul ainda desenvolve projetos de pesquisa, ensino e extensão, com escolas do município e outras entidades sociais, podendo ainda ofertar cursos técnicos visando a complementação profissional na educação de Jovens e Adultos (EJA). Por fim, ainda foi apresentada a possibilidade de uma parceria com a prefeitura de Torres e entidades da região, para a implantação de uma Incubadora Tecnológica nas futuras dependências do IFSul.

Foto: Divulgação