O número de casos confirmados de Coronavírus no Litoral Norte segue aumentando e conforme a proliferação da doença vai aumentando na região, novas medidas estão sendo tomadas pelos municípios. Uma dessas medidas é o uso obrigatório de máscaras de proteção para todas as pessoas. A primeira cidade a adotar a medida foi Santo Antônio da Patrulha.

No último dia 18 desse mês o prefeito Daiçon Maciel da Silva, por meio de decreto, impôs o uso obrigatório de máscaras por todos os moradores de Santo Antônio. A medida vista inicialmente com maus olhos por parte da população aos poucos começa a ser adotada em outras cidades da região.

Na última sexta-feira (24) foi a vez do prefeito de Osório Eduardo Abrahão decretar a medida. No município o uso de máscaras é obrigatório em todos os espaços públicos, assim como estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços, além de transportes coletivos, táxis ou serviços por aplicativos. O decreto passou a valer nesta segunda-feira (27), assim como no município de Três Cachoeiras, que também adotou as mesmas medidas.

Outro município a adotar o uso obrigatório de máscaras foi Imbé. A determinação consta em um decreto municipal, assinado na tarde desta segunda pelo prefeito Pierre Emerim e vale a partir dessa quinta-feira (30). A medida segue as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS). A recomendação é para o uso de máscaras caseiras de TNT ou tecido duplo, reutilizáveis, que cubram completamente o nariz e a boca, sem folgas laterais.

A Prefeitura de Tramandaí foi mais uma a lançar o decreto obrigando a utilização de máscaras na cidade. Ela informa que a partir de sexta-feira (01/05) será obrigatório o uso de máscaras, lenços ou proteção higienizada de tecido para boca e nariz em todo o município. A medida fará parte do novo Decreto de Calamidade Pública em decorrência a pandemia do Covid-19, que será publicado na quinta-feira (30) em conformidade com o Decreto do Governo do Estado. 

Vale ressaltar que por ser um Decreto Municipal cabe a cada município adotar ou não a obrigatoriedade do uso de máscaras, assim como aplicar a melhor maneira para que essas normas sejam cumpridas. Há a possibilidade de outras cidades do Litoral Norte aderirem a essa medida nos próximos dias e realizando decretos propondo a obrigatoriedade das pessoas usaram máscaras nas suas respectivas cidades.

PROFESSORES RETORNAM AS ATIVIDADES

Ainda falando de Imbé, o município é o primeiro da região a estipular uma data para retorno das atividades escolares. A partir da próxima segunda-feira (04/05) professores e funcionários devem retornar as suas atividades. Os detalhes foram definidos na tarde desta segunda-feira (27) em reunião do prefeito Pierre Emerim com as supervisoras da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) e com o procurador-geral do Município, Rodrigo Daniel Pereda.

 “Frisamos que é um retorno apenas de trabalho. As aulas seguem suspensas, pois vamos continuar seguindo o decreto do Governo do Estado no que diz respeito ao retorno das atividades aos nossos alunos”, ressaltou Pierre. Ele lembra que, com esse retorno, ocorrerão limpeza e reorganização das escolas, além de uma readequação do plano pedagógico das aulas nas instituições. Vale lembrar que, para este retorno, todos os cuidados de higienização e distanciamento entre os servidores serão respeitados.

FOTO: Alina Souza