thumbA tocha olímpica, que passou por 28 cidades do Rio Grande do Sul entre os dias 3 e 9 de julho deste ano, gerou custos de R$ 684 mil às prefeituras. Levantamento da Rádio Guaíba, com base nos dados fornecidos pelos municípios, apontou que Porto Alegre, Canoas e Pelotas foram os que mais tiveram custos para receber o símbolo olímpico. Já os que menos gastaram foram Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Gramado.

Os principais gastos foram com itens como sonorização, shows e com o transporte de alunos de escolas para os locais de passagem de tocha. Outros itens citados foram com gradis, cones, montagem de palco e materiais gráficos. Além dos gastos dos municípios, os patrocinadores do evento pagaram várias ações realizadas.