13709957_627823580714465_540215067245790259_nOs planetas descobertos pela Nasa, todos entre 20% e 50% maiores que a Terra, orbitam a anã vermelha K2-72, a 181 anos-luz de distância, na direção da constelação de Aquário. De acordo com o jornal O Globo, a estrela tem menos da metade do tamanho do Sol, com brilho menos intenso. O pesquisador Ian Crossfield, da Universidade do Arizona, revelou que embora as órbitas planetárias variem entre 5 e 24 dias (a da Terra é de 365 dias), não está descartada a possibilidade da existência de vida. Os estudos foram divulgados pelo “Astrophysical Journal Supplement“. A descoberta foi feita pelo Kepler, que identifica novos planetas medindo quedas sutis no brilho das estrelas causadas pela passagem de um planeta.