MORTES POR AFOGAMENTO – O Corpo de Bombeiros localizou no final da última sexta-feira (5), o corpo de Francisco Edilberto Almeida de Farias. O homem de 42 anos de idade estava desaparecido desde o dia três desse mês, quando foi visto nadando no Rio Mampituba, em Torres. A vítima foi encontrada por pescadores, próxima a Ilha dos Lobos, a aproximadamente 1,5 metro da costa.  Francisco era natural de Redenção, no Ceará, e morava a anos no Litoral Norte gaúcho, onde trabalhava como vendedor ambulante.

Outra morte – No sábado (6), outro homem morreu afogado na região. Segundo os Bombeiros, a vítima, de 20 anos de idade, foi encontrada por volta das 20h, em açude localizado na sua propriedade, na Estrada de Estância Velha, em Tramandaí. Os bombeiros ainda relataram que o jovem, estaria pescando quando acabou caindo na água e se afogando. O nome da vítima não foi divulgado.

MORTE NO TRÂNSITO – Um acidente de trânsito na manhã deste domingo (7), causou a morte de um motociclista na BR-101, em Maquiné. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima estaria trafegando em alta velocidade pela rodovia quando teria colidido na traseira de uma carreta. A moto ainda atingiu a mureta de concreto, atravessando a proteção que divide as pistas, parando no acostamento da via. A vítima, que não teve a identidade e nem a idade revelada, chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), em Osório. Porém, o motociclista acabou não resistindo aos ferimentos e acabou falecendo. Já o motorista do caminhão não teve ferimentos.

FESTAS CLANDESTINAS – Em Operação realizada no sábado (6), a Polícia Civil deflagrou 21 festas clandestinas, em todo o Estado. Felizmente, nenhuma no Litoral Norte gaúcho. As ações realizadas fazem parte da Operação Te Cuida RS, realizada desde o dia 25 de fevereiro, para combater a proliferação da Covid-19 no RS. Desde então, já foram encerradas 126 festas clandestinas. Ao todo, 3.279 locais foram fiscalizados para verificação do cumprimento das determinações previstas para a bandeira preta, bem como da vedação de funcionamento de atividades entre 20h e 5h. Além disso, 20.640 pessoas foram abordadas, sendo 87 autuadas e/ou detidas. O trabalho da polícia segue até o dia 31 de março, quando está marcado para encerrar o Decreto Estadual.


There is no ads to display, Please add some