MORTE POR AFOGAMENTO – Um homem de 42 anos de idade morreu afogado na tarde de quinta-feira (25), no Rio Tramandaí. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, a vítima, identificada como Alexandre Hoffmann Pereira, teria entrado para nadar nas proximidades do Mirante da Barra, em Imbé. Conforme os Bombeiros, o local é impróprio para banho por causa da sua “profundidade (de aproximadamente cinco metro) e intensidade das correntes”. O homem, que é natural de Porto Alegre, chegou a ser retirado da água com vida, por populares. Mas infelizmente, após a tentativa de reanimá-lo por aproximadamente 30 minutos, a vítima acabou não resistindo e vindo a óbito. O corpo foi levado ao Departamento Médico Legal (DML) para a realização da perícia.

CORPO DE IDOSO CARBONIZADO – A Brigada Militar (BM) encontrou na manhã de quinta-feira (25), o corpo de um homem, parcialmente carbonizado, dentro de uma residência, em Tramandaí. O crime ocorreu na Avenida Beira-Mar, no bairro Terminal Turístico. De acordo com a BM, o corpo da vítima, identificada como Jair Paulo Pereira Dias, de 64 anos de idade, apresentava um fio enrolado no pescoço. Os Policiais Militares (PMs) também informaram, que não havia sinais de arrombamento na casa. A Polícia Civil está investigando o caso.

ESTUPRADOR PRESO – A Guarda Municipal de Imbé (GMI) prendeu na noite de quarta-feira (24), um homem pelo crime de estupro. A prisão aconteceu em flagrante, após os agentes serem acionados depois que moradores relataram ouvir gritos de uma mulher. A vítima, de 50 anos, relatou que o indivíduo teria entrado na sua residência enquanto ela tomava banho e cometeu o estupro. Ela foi conduzida a Policlínica de Saúde da cidade para ser atendida. O criminoso, que estava muito agressivo, chegou a ameaçar os guardas, precisando ser contido a força. Após ser imobilizado e preso, ele foi levado a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Tramandaí, onde foi registrada a ocorrência.

PRISÃO DE PEDÓFILO – A Polícia Civil prendeu na tarde de quinta-feira (25), em Osório, um homem por pedofilia. A ação ocorreu durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão contra o indivíduo. Segundo o delegado João Henrique Gomes, responsável pelo caso, o preso estava sendo investigado por crimes patrimoniais. Mas, durante as buscas, os policiais acabaram encontrando conteúdo pornográfico infantil no celular do homem. Diante dos fatos, o indivíduo, de 56 anos, foi levado a Delegacia de Polícia (DP) de Osório para o registro de ocorrência e, posteriormente, conduzido ao sistema prisional.


There is no ads to display, Please add some