_87828629_7402f72b-312e-4ec6-a0cc-26aedd3a6ca2O número de casos confirmados de microcefalia no País aumentou 10% em uma semana, passando de 583 para 641, de acordo com boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira pelo Ministério da Saúde.

Também cresceu o número de registros da malformação cuja associação com o vírus zika já foi comprovada por exames laboratoriais. Na semana passada eram 62. Agora, já são 82 — alta de 32%. Segundo o boletim federal, 4.222 casos de microcefalia ainda estão em investigação e 1.046 foram descartados.

O país teve 5.909 notificações da malformação desde 22 de outubro do ano passado. Os casos estão distribuídos em 1.143 municípios de 25 unidades da federação. O ministério também informou que já são 139 mortes associadas à microcefalia ou alteração do sistema nervoso central. O Nordeste concentra 81% dos casos notificados e Pernambuco continua com o maior número de casos que permanecem em investigação (1.672).