O osoriense Abel Curtinove conquistou a medalha de bronze na prova do salto com vara, no Campeonato Sul-Americano de Atletismo. A competição, realizada em Guayaquil, no Equador, ocorreu entre os dias 29 e 31 de maio. Na final, o gaúcho acabou saltando 5,20 metros, 35 centímetros a menos que o primeiro colocado, Germán Chiriaviglio, da Argentina. A prata ficou com o equatoriano Dyander Pacho, que conseguiu a marca de 5,30 metros.

É válido destacar, que essa foi a quarta conquista de Chiriaviglio em Sul-Americanos, o que só valida mais o feito do atleta gaúcho. As outras conquistas foram em Tunja (Colômbia), em 2006; Lima (Peru), em 2015; e Buenos Aires (Argentina), em 2016. Com o título o argentino se iguala ao compatriota Óscar Veit e ao brasileiro Fernando Gomes da Silva como maiores vencedores, com quatro conquistas cada um.

DOMÍNIO BRASILEIRO

O bronze de Curtinove ajudou a seleção brasileira a conquistar o título Geral do Sul-Americano. Ao todo, foram conquistadas no Equador, 49 medalhas, sendo 26 ouros, 11 pratas e 12 bronzes. No final, o Brasil somou 470 pontos, ficando a frente de Colômbia e Equador, que somaram, respectivamente, 275 e 161,5 pontos.

Além do Geral, a seleção brasileira conquistou os títulos no Masculino e no Feminino. No Masculino, a equipe somou 246 pontos conquistando a 33ª vitória (25ª consecutiva) em 52 edições do Sul-Americano de Atletismo. Já no Feminino, o título veio com a soma de 224 pontos. Essa também a 33ª conquista em Sul-Americanos, sendo a 26ª de maneira consecutiva.

EM BUSCA DE TÓQUIO

Na briga por uma vaga nas Olimpíadas de Tóquio, no Japão, Abel Curtinove segue treinando a espera de ser convocado para a disputa do maior evento esportivo do mundo. A próxima competição é o Troféu Brasil de Atletismo que ocorre entre os dias 10 e 13 desse mês, em São Paulo.

Vale ressaltar que, o Sul-Americano de Atletismo, além de valer pontos importantes para o ranking na disputa por uma vaga na Olimpíada, classificou o primeiro colocado em cada prova para a disputa do Campeonato Mundial da modalidade, que vai ocorrer entre os dias 15 e 24 de julho, na cidade de Eugene em Oregon, nos Estados Unidos.

Atleta osoriense (direita) subiu ao pódio ao lado do argentino Germán Chiriaviglio (centro) e do equatoriano Dyander Pacho.

Foto: CBAtl

Foto: Divulgação