MAQUINÉ – No próximo domingo (13) a Paróquia Santo André está completando 80 anos de fundação e para comemorar foi organizada uma programação festiva. Com início na quarta-feira (9), as celebrações do aniversário da paróquia seguem até domingo, quando ocorre uma missa festiva com o bispo Dom Jaime Pedro Kohl, a partir das 10h, seguido por um churrasco. Os ingressos do churrasco podem ser adquiridos na secretaria paroquial, localizada na Rua General Osório, 796, no Centro da cidade.

Nessa sexta-feira (11), a programação segue com realização de uma missa, a partir das 19h, com a presença do Padre Tiago de Fraga. Já no sábado, das 9h e 30min às 11h e 30min, ocorre a benção dos veículos, em frente a igreja. Vale ressaltar que todas as atividades estão sendo realizadas com a aplicação das medidas determinadas para evitar a proliferação do novo coronavírus.

HISTÓRIA

Em 1910, é criada uma comissão para erguer uma capela de madeira simples que, além de espaço para celebrar missas e encontros de orações, daria, principalmente, a Maquiné, então Cachoeira, o aspecto de comunidade organizada.

Segundo dados registrados na pedra fundamental, o início da construção da atual igreja se dá no dia 28 de fevereiro de 1929, com a chegada do Padre Athanásio Orth. Mesmo após construída a igreja, a comunidade Santo André Avelino pertencia à Paróquia Nossa Senhora da Piedade, de Marques do Herval, atual Barra do Ouro. Somente no dia 13 de setembro de 1940, o Arcebispo de Porto Alegre, dom João Becker, criava a Paróquia Santo André Avelino de Maquiné, tendo como primeiro Pároco o Padre Athanásio Orth.

A escolha do padroeiro Santo André Avelino, segundo registros no Livro Tombo, teria duas hipóteses. A primeira seria por sugestão da parteira Maria Alexandre, a qual doou para a capela a imagem de Nossa Senhora do Bom Parto, homenageando seu marido João André. Outra hipótese é que poderia ter havido influência do primeiro Pároco de Barra do Ouro, originário da Diocese de Avelino na Itália.

PADROEIRO

Lancelote Avelino nasceu no ano de 1520, em Castelnuovo, entrou para Ordem dos Teatinos e, em 1558, vestiu o hábito, tomando o nome de André Avelino. Morreu no dia 10 de novembro de 1608, acometido por um ataque quando se aproximava do altar para a celebração da missa. Canonizado pelo Papa Clemente VI, Santo André Avelino é invocado pelos devotos como protetor celestial contra a morte repentina.

ATUALMENTE

Desde dezembro de 2018 o pároco Padre Ricardo Justin Jacob exerce seu ministério na Paróquia Santo André Avelino. Na cronologia dos padres que foram párocos em Maquiné, o Pe. Ricardo é o décimo a dedicar-se ao serviço da Igreja e do povo do município.

Ao todo, 14 comunidades compõem a Paróquia. São elas: São José (Linha Pinheiro), Santa Terezinha (Morro Alto), Senhor Bom Jesus (Prainha), Nossa Senhora da Saúde (Solidão), Sagrada Família (Espraiado), São João Batista (Mundo Novo), Nossa Senhora do Carmo (Faxina), Nossa Senhora Aparecida (Ribeirão), São Tiago (Canta Galo), São Francisco (Linha Gonçalves), São Pedro (Prainha Fundos) São Paulo (Linha São Paulo), Nascente São João Batista (Solidão Fundos) e Santo André Avelino (Centro de Maquiné).

FOTO: Divulgação