GilmarLuzO Legislativo osoriense realizou na noite desta segunda-feira (22), mais uma sessão ordinária, tendo como ponto alto a votação do pedido de cassação do vereador Gilmar Luz (PDT), presidente da Casa.
A proposição do pedido foi apresentada pelo morador de Atlântida Sul, Hélio Bogado, que enumerou acusações de supostas irregularidades cometidas por Gilmar Luz enquanto presidente do Grêmio Esportivo Sulbrasileiro (Gesb) e secretário municipal da Juventude, Esporte e Lazer.

O pedido foi rejeitado por cinco votos a três. Um dos que votou contra foi o vereador Eduardo Formagio (PTB), presente à sessão em razão da licença de Ed Moraes (PMDB). Os três votos favoráveis foram de Lucas Azevedo, Bianca Meregalli e Roger Caputi, todos da bancada do PMDB.

 

Fonte: Rádio Litoral JP