Ponte_02Pescadores de Imbé e Tramandaí realizaram manifestação na tarde desta sexta-feira,7, na ponte Giuseppi Garibaldi. Por volta das 15 h, cerca de 50 pescadores fecharam o acesso à ponte como forma de levar a público os prejuízos causados pela proibição da pesca do bagre na Bacia do Rio Tramandaí. A pesca está proibida nesta área desde que o estado do Rio Grande do Sul publicou decreto com as espécies ameaçadas de extinção e nesta lista foram incluídas espécies de bagre. A Justiça Federal concedeu liminar proibindo a pesca. A proibição vem desde o 2º semestre de 2015.

Desde lá diversos encontros já foram realizados com a juíza federal Clarides Reheimer que fez algumas solicitações parta a liberação da pesca do bagre, entre elas um novo estudo sobre a espécie, enquanto isto a pesca segue proibida.

Na região dezenas de famílias vivem da pesca do bagre e estão impedidas de capturar a espécie, mesmo com abundância do pescado nas águas da Bacia do Rio Tramandaí.

Novas manifestações devem acontecer na próxima semana com fechamento de rodovias e até a possibilidade de fechamento da barra do Rio Tramandaí, o que impediria a saída de embarcações da Petrobras.

 

Fonte: Rádio Litoral JP