O corpo de Eduardo Pinheiro, jovem que estava desaparecido desde o último domingo (3), foi encontrado na tarde desta quarta-feira (6). A vítima, que mora em Palmares do Sul, acabou desaparecendo enquanto pescava na Lagoa dos Patos, na localidade conhecida como Pontal do Zé Martins, em Viamão (região Metropolitana). Desde então, colegas do rapaz, que era pescador, se mobilizaram para realizar buscas para encontrar Eduardo.

Ao todo, 10 barcos de Palmares e dois de Viamão foram utilizados nas buscas. Segundo o pescador Juliel Ortiz da Silva, a mobilização ocorreu devido ao fato de que nem o Corpo de Bombeiros e nem a Marinha do Brasil deram respostas sobre as busca. “Foram feitas apenas buscas superficiais e por curtos períodos de tempo nos primeiros dias do desaparecimento”, relatou o pescador.

Após encontrarem o corpo do colega, a mais de 10 quilômetros da onde Eduardo desapareceu, Juliel informou que as autoridades foram acionadas. Um helicóptero da Marinha foi mandado para sobrevoar a área e os bombeiros foram até o local para fazer o resgate do corpo.

VALE RESSALTAR

A redação do Jornal entrou em contato com o Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e com a Marinha do Brasil para explicar a declaração de Juliel. O CBM respondeu que realizou todos os procedimentos adequados nesse tipo de situação e que em nenhum momento houve negligência durante o atendimento ou em relação às buscas. Já a Marinha preferiu não se pronunciar sobre o caso, e apenas enalteceu que o monitoramento na região está realizando diariamente na região para evitar esse tipo de ocorrido.