Visando à proteção ao Coronavírus, a Petrobras iniciou essa semana a doação de 500 mil máscaras de proteção para famílias carentes espalhadas pelo país. Ao todo, 32 municípios de 12 estados, incluindo o Rio Grande do Sul, vão receber as doações. Do total, 25 mil máscaras vão ser entregues aqui no Estado.

Os itens foram produzidos por artesãs da “Máscara + Renda”, iniciativa da Fundação Vale e da Rede Asta. “A ideia é promover a conscientização e incentivar o uso de máscaras neste momento em que novos casos da Covid são registrados diariamente no país. Precisamos nos proteger. Fazer nossa parte para fortalecer a solidariedade e o apoio social para proteção de todos”, explica a gerente executiva de Responsabilidade Social da Petrobras, Olinta Cardoso.

A Petrobras, por meio de uma doação de dois milhões de reais, possibilitou a seleção de cerca de 200 costureiras para a confecção destas máscaras. Todo o material para confecção das máscaras foi custeado pela iniciativa e as artesãs participaram de aulas online de empreendedorismo e aprenderam, entre outras coisas, técnicas de planejamento e gestão do próprio negócio.

Durante cinco meses, cada costureira recebeu um valor mensal de aproximadamente 900 reais.  “O objetivo foi oferecer, num momento crítico como este que estamos vivendo, oportunidade de renda para mulheres em situação de vulnerabilidade social, mulheres que muitas vezes são chefes de família. É uma iniciativa que, para elas, faz muita diferença”, afirma Olinta. As máscaras produzidas são doadas para organizações sociais sugeridas pelas próprias costureiras. Essas entidades distribuirão os itens para aqueles que mais precisam, incentivando o uso de máscaras e disseminando a cultura da prevenção nas comunidades.

Para mais informações sobre o projeto acesse o site: www.mascaramaisrenda.com.br. Se você quiser colaborar com alguma doação acesse o link: www.vakinha.com.br/vaquinha/mascara-mais-renda.

Foto: Rede Asta