A Polícia Civil (PC) deflagrou na manhã de terça-feira (4) a Operação Esplendor. O objetivo da ação foi prender uma quadrilha que praticava assaltos em residências e estabelecimentos comerciais no Litoral Norte. Ao todo, três homens foram presos, sendo dois em Cachoeirinha, na região Metropolitana, e um em Florianópolis (SC). A Operação é resultado de investigação da Delegacia de Cidreira e contou com o apoio de agentes de outras cidades da região.

Segundo o delegado Alexandre Souza, os criminosos realizaram assaltos em Balneário Pinhal, Capão da Canoa e Cidreira. Souza relatou que um dos homens era o responsável por escolher os “alvos” e após, avisava os comparsas, que vinham até o Litoral e praticavam os crimes. Os presos são apontados como os envolvidos no roubo a casa do prefeito de Cidreira, Alex Contini, no último dia 27 de junho.

O CASO

O prefeito de Cidreira, Alex Contini, teve a casa assaltada por volta das 23h e 30min do dia 27 de junho. Na época, em uma rede social, o prefeito declarou que ele e a família haviam sido surpreendidos por dois homens armados. Os criminosos acabaram roubando diversos objetos de valor e fugindo da caminhonete de Contini. Felizmente, ninguém se feriu. Vale ressaltar que três dias depois do crime, os mesmos indivíduos teriam assaltado a residência da ex-mulher de Contini.

Durante a ação realizada nesta terça-feira, os policiais conseguiram recuperar alguns aparelhos celulares. Outros três integrantes do grupo criminoso já foram identificados, tendo a prisão decretada. No momento, eles estão foragidos e seguem sendo procurados.

Foto: PC