Polícia indicia e pede prisão de cinco pessoas pela morte de PM durante abordagem em Cidreira

20683331A Delegacia de Polícia de Cidreira indiciou cinco pessoas pela morte do PM Thales Ferreira Floriano, 31 anos, ocorrida em agosto deste ano durante abordagem emCidreira, no Litoral Norte gaúcho, e por 13 tentativas de homicídio de outros brigadianos que estavam na ação para prender criminosos. O delegado Alexandre de Souza também solicitou à Justiça a prisão preventiva dos cinco envolvidos.

Todos os suspeitos já estavam presos, alguns temporariamente ou até preventivamente devido a outros crimes, e integram facções rivais que disputavam pontos de venda de drogas na região. A vítima morava em Tramandaí e havia ingressado na Brigada Militar (BM) em 2009. Ele deixa a esposa e uma filha de três anos de idade. Dois dias depois, ele foi homenageado pela corporação, no entanto, houve também homenagens de colegas em todo o estado, principalmente em Tramandaí e durante uma partida de futebol no estádio Beira-Rio no dia em que o PM foi sepultado.

Indiciamento

Foram indiciados por homicídio qualificado os cinco suspeitos que foram presos pela própria BM. São eles: Mário Josias da Costa Trein, Cassio Rodrigues dos Santos, Anderson Rodrigues Duarte e os irmãos Lucas e Maycom Leria da Silva. Ao todo, oito pessoas ligadas ao assassinato foram identificadas, mas a polícia conseguiu, até o momento, confirmar a autoria de cinco, que são os indiciados. A investigação continua. Os outros criminosos seriam os responsáveis por fornecer armas, dar apoio aos grupos, entre outros fatos.

20695074


There is no ads to display, Please add some