zuccoDepois de prender três homens que estavam com três mil comprimidos de ecstasy em Novo Hamburgo, Vale do Sinos, na última sexta-feira (16), o delegado Rodrigo Zucco investiga ocancelamento de uma festa rave que iria ocorrer no sábado (17) no Litoral Norte. A polícia tinha informações de que a droga seria encaminhada para o evento. Todos os fatos seguem sendo apurados e os envolvidos serão intimados para depor.

Investigação

Zucco, da 2ª Delegacia de São Leopoldo, diz que os traficantes estavam sendo monitorados e que foram abordados antes da entrega para os organizadores da festa.
“Prendemos eles antes para evitar que os comprimidos fossem entregues e consumidos na festa. O trabalho agora é apurar o vínculo da festa com a droga”, ressalta Zucco.
O delegado diz que um quarto suspeito foi preso no início do mês quando iria entregar ecstasy para estudantes universitários no Vale do Sinos.
Três mil comprimidos de ecstasy foram apreendidos na sexta e droga poderia ser encaminhada para festa que seria no sábado / Foto: Polícia Civil

Festa Rave

Em relação à festa, havia anúncio em uma rede social. Mas nesta segunda-feira (19), após o cancelamento, o próprio anúncio foi retirado. A polícia guardou uma cópia para servir de base para dar continuidade à investigação. O evento teria entre 500 e mil pessoas. No momento, Zucco não está revelando o local onde seria a Rave.
Em relação aos presos, a polícia ainda não divulgou os nomes. Um dos detidos é um homem que também atua como fotógrafo na Capital e já havia sido preso anteriormente pela Polícia Federal após trazer drogas sintéticas da Holanda.

Leia mais: http://www.pelacidade.net/news/policia-investiga-cancelamento-de-festa-no-litoral-norte-apos-apreensao-de-ecstasy-no-vale-do-sinos/


There is no ads to display, Please add some