No primeiro final de semana após o Decreto do governo do Estado, o qual proíbe, entre outras coisas, que as pessoas não fiquem na praia, a Brigada Militar (BM) não registrou nenhum registro de aglomeração na região. Vale ressaltar que a chuva e as baixas temperaturas que atingiram os municípios do Litoral Norte durante o final de semana, facilitaram para que isso ocorresse. Mesmo assim, as áreas urbanas das cidades da região permaneciam com bom movimento entre sábado (5) e domingo (6).

“Estamos desde sexta-feira (4) com efetivo acrescido de um pelotão 1º Batalhão de Polícia de Choque (1º BPChq) de Porto Alegre e cinco pelotões de alunos da Escola de Formação e Especialização de Soldados (Esfes) de Osório”, avaliou o comandante do 2° Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (BPAT), major Aurélio da Rosa.“Foi tudo tranquilo”, resumiu o comandante.

Apenas em relação aos alunos na fase final do curso foram 150 mobilizados. “Eles estiveram atuando em reforço ao Comando Regional de Policiamento Ostensivo (CRPO) do Litoral Norte e ao 2º BPAT. As ações foram muito no aspecto preventivo onde lançamos os efetivos nos locais antes das aglomerações e assim não as permitimos. Apesar da cidade estar bem cheia, não tivemos movimentação de orla até por que o tempo nos ajudou muito, com chuvinha e queda de temperatura”, observou o major Aurélio da Rosa, assinalando que “quem tem casa veio para a praia”. Ele constatou também que todas as pessoas estavam “usando máscaras”.

AÇÕES

As ações ocorreram em pontos que normalmente possuem grande concentração de pessoas, especialmente nas maiores cidades como Capão da Canoa, Torres e Tramandaí. Os policiais orientaram sobre as restrições e medidas de prevenção previstas no Decreto Estadual, o qual determina o fechamento de bares e restaurantes até às 22h. A medida é válida até o dia 14 desse mês.

Em Capão, foi realizada a Operação Choque de Ordem, com a participação da Força Tática da BM e de alunos-soldados. Durante as abordagens houve uma prisão por posse de entorpecentes. O homem, que não teve a idade divulgada, foi encaminhado a Delegacia de Polícia de Capão da Canoa, onde foi registrada a ocorrência. Em Torres, Policiais Militares e da guarda municipal deflagraram a Operação Sossego. Durante as ações, um homem foi preso pelo crime de receptação e uma motocicleta que estava em situação de roubo/furto foi recuperada. Já em Tramandaí, não foram registradas nenhuma ocorrência.

O comandante do 2º BPAT espera que a população tenha se conscientizado da necessidade da não aglomeração. “O decreto municipal auxiliou fechando os quiosques à beira mar”, lembrou. “A parte de comércio é uma decisão do poder público municipal. A Brigada Militar pode agir em praças públicas e orla, nas áreas de circulação comum”, recordou o major Aurélio da Rosa.

OPERAÇÃO GOLFINHO

No próximo dia 18 de dezembro começa a operação Golfinho da Brigada Militar, com lançamento oficial no dia 19. “Vamos conseguir trabalhar mais ainda tranquilos”, previu o comandante do 2º BPAT, referindo-se ao reforço de efetivo de policiamento ostensivo no Litoral Norte.

Fotos: BM