Cálculos feitos pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) a partir de projeções do envio de remessas de vacinas contra a Covid-19 anunciadas pelo Ministério da Saúde indicam que será possível, até setembro, imunizar todos os integrantes dos grupos de maior vulnerabilidade e dos trabalhadores da educação e ainda vacinar, com a primeira dose, até o público dos 18 anos. Até dezembro, a previsão é completar, com a segunda dose (D2), o esquema vacinal de todos os imunizados.

De acordo com a secretária de Saúde, Arita Bergmann, o governo tem expectativa de que o Ministério da Saúde seja regular no envio das remessas e cumpra o calendário anunciado. Para o presidente do Conselho das Secretarias Municipais da Saúde (Cosems/RS), Maicon Lemos, o avanço da imunização no Estado será capaz de reduzir os casos graves da doença e impactar nas taxas de ocupação de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e enfermaria da rede de saúde, que atingem índices preocupantes. A seguir veja o cronograma de imunização previsto pela SES:

  • JUNHO – 100% do grupo de maior vulnerabilidade, 100% dos trabalhadores de educação, 1ª dose para adultos entre 50 e 59 anos;
  • JULHO – 1ª dose para adultos entre 40 e 49 anos;
  • AGOSTO – 1ª dose para adultos entre 30 e 39 anos;
  • SETEMBRO – 1ª dose para adultos entre 18 e 29 anos.