Um novo aumento de preços vem aí no mês que vem. Chegou a vez de pagar mais pelo botijão do gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha. As distribuidoras da Capital já confirmaram que haverá subida de preços em setembro: falam num percentual de 8% a 10%, bem pertinho da inflação dos últimos 12 meses que, conforme o IPCA/IBGE, é de 9,56%.

O preço médio do botijão de 13kg no Rio Grande do Sul é R$ 44,97, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Conforme a Lei 9.990/2000, não há tabelamento de preços do gás nem fixação de valores mínimos ou máximos. A previsão é de que o aumento chegue ao consumidor a partir do início do mês que vem, quando as cinco distribuidoras que atuam no Estado devem começar a cobrar mais pelo produto.gas