upload-20170402170442docentes_mestradoO Mestrado Profissional em Educação da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs) foi lançado na noite dessa sexta-feira (31), em um evento que reuniu autoridades, professores, funcionários da Universidade e candidatos ao curso na Câmara de Vereadores de Osório, cidade onde ocorrem as aulas. Este é o segundo curso de mestrado aberto pela Uergs e o primeiro na área de Ciências Humanas.

A proposta do curso é formar profissionais com habilidade para a criação e implementação de ações transformadoras na área da formação de professores para a Educação Básica.  São três linhas de pesquisa: currículos e políticas na formação de professores; linguagem e artes em contextos educacionais; inovação, diversidade e memória em educação. As inscrições serão recebidas até 25 de abril e as aulas iniciarão em agosto.

A reitora da Uergs, Arisa Araujo da Luz, falou do projeto do curso que foi aprovado pela Capes sem nenhuma ressalva e agradeceu à dedicação do coordenador do curso, Leandro Forell, e do corpo docente, formado por professores de diferentes regiões do estado, das Unidades em Alegrete, Bagé, Erechim, Montenegro, São Francisco de Paula, São Luiz Gonzaga, Osório e Porto Alegre.

“Precisamos ultrapassar as fronteiras da Uergs, das unidades e das regiões. Conseguimos, com esse mestrado, ultrapassar fronteiras com um projeto elaborado de forma colaborativa. Que esse exemplo de união e parceria possa ser levado a todas as esferas do estado”, destacou. Arisa disse também que a aprovação de um mestrado por ano é uma das metas anuais da gestão da Universidade.

O coordenador do curso, Leandro Forell, disse que a escolha da Unidade em Osório para sediar o curso, além de facilitar os processos pedagógicos, por estar próxima à Região Metropolitana, a cidade está localizada numa das regiões com o menor PIB per capita do estado. Além disso, de acordo com Forell, Osório vive um processo de sazonalidade que produz realidades educacionais peculiares.

“A Uergs representa um instrumento de descentralização do desenvolvimento, e desenvolver não é só formar alunos, é produzir conhecimento capaz de dar conta das especificidades das regiões, que às vezes são muito peculiares, e sobre as quais não existem pesquisas”, disse.

Para o vice-prefeito Eduardo Renda, a instalação do Mestrado Profissional em Educação em Osório será um impulsionador para o desenvolvimento do município. “Não há processo de desenvolvimento sem que haja educação e quando se qualifica os professores, essa qualificação se estende aos alunos. Esta oportunidade que a Uergs está dando aos professores da Educação Básica proporciona adquirir novas técnicas que vão levar a um processo de conhecimento cada vez melhor aos nossos alunos. Com isso, a cadeia da Educação vai atingir índices ainda melhores”, ressaltou.

Qualificar docentes da Educação Básica é uma das metas da Uergs, de acordo com o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade, Clódis Andrades Filho. Desde a retomada da oferta de pós-graduação, em 2013, estão sendo ofertados 46 cursos, dos  quais  21 na área da Educação. Entre os matriculados, 44% são professores ou gestores educacionais.

De acordo com Clódis, uma perspectiva que causa muito orgulho é a de que o Mestrado é profissional. “A Universidade está orientando seu crescimento na pós-graduação, justamente para os problemas reais da área de atuação, trazendo desenvolvimento científico e tecnológico que atenda às verdadeiras e emergentes necessidades da sociedade, fazendo a ponte entre o ambiente acadêmico e o profissional. Ou seja, mestrado profissional não só reforça a missão institucional como se alinha às atuais diretrizes em termos de desenvolvimento da pesquisa”, disse.

Participaram da cerimônia de lançamento o presidente da Câmara de Vereadores, Martim Tressoldi, a coordenadora da 11ª Coordenadoria Regional de Educação, Liane Freitas, representando o secretário estadual de Educação, Luís Antônio Alcoba, a secretária municipal de educação de Osório, Lourdes Gularte, o secretário de Planejamento de Mostardas, Jorge Amaro, e representantes dos deputados Juliano Roso e Catarina Paladini.

O senador Paulo Paim enviou uma mensagem de saudação à Uergs, por meio da assessora Sandra Aparecida da Silva. Pela  Uergs, estiveram presentes a vice-reitora, Eliane Kolchinski; os pró-reitores de Ensino, Gabriela Dias, de Administração, João Carlos Coelho Júnior, e de Extensão, Ernane Pfuller; a coordenadora da Áreas das Ciências Exatas e Engenharias, Leticia Guimarães, a coordenadora adjunta do Mestrado, Sandra Lemos, a coordenadora de Pesquisa e Pós-Graduação, Débora Matos, o coordenador de cursos e eventos, Aaron Hengles, e a presidente da Associação dos Docentes da Uergs, Ana Maria Accorsi.

Mais informações sobre o curso e o edital estão disponíveis no site da universidade.