872e0-22-09-16-enemPessoas Privadas de Liberdade (PPL) ou jovens sob medida socioeducativa podem participar desta edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As unidades prisionais e socioeducativas devem inscrever os interessados a partir do dia 3 de outubro. Antes, é preciso que os órgãos de administração prisional e socioeducativa do país, assim como as próprias unidades, firmem um termo de adesão, de responsabilidades e compromissos com o Inep, órgão vinculado ao Ministério da Educação. O preenchimento das informações deverá ser feito exclusivamente pelo site, a partir do dia 26 de setembro, no endereço www.sistemasespeciais.inep.gov.br/unidadesprisionais.
O documento é necessário para aplicação do Enem nas unidades nos dia 6 e 7 de dezembro. Depois de confirmada a adesão, os estabelecimentos devem indicar um responsável pedagógico, que irá providenciar a inscrição dos interessados. Na edição passada, 45,5 mil participantes fizeram a prova em unidades prisionais e socioeducativas no país, um aumento de 19% em relação a 2014, quando foram registradas 38,1 mil inscrições.
Para mais informações acesse www.portal.inep.gov.br.

Fonte: MEC