O governo federal transferiu nesta segunda-feira (21), a prefeitura de Imbé, os recursos necessários para que a empresa vencedora da licitação comece a elaborar o projeto da nova ponte sobre o Rio Tramandaí. Inicialmente, a previsão é que o estudo fosse concluído até junho desse ano, porém, o atraso no repasse do dinheiro acabou impossibilitando o início do projeto.

Em fevereiro, o município de Imbé assinou contrato com a empresa Beck de Souza Engenharia Ltda, de Porto Alegre, o qual previa o período de quatro meses para apresentação do estudo de engenharia. Mas só agora, o Ministério do Desenvolvimento Regional transferiu o valor para iniciar o projeto. A primeira parcela do convênio é de R$ 384.558,51 (trezentos e oitenta e quatro mil quinhentos e cinquenta e oito reais e cinquenta e um centavos). O pagamento ocorreu após a ida do prefeito Pierre Emerim e do prefeito eleito Ique Vedovato, a Brasília (DF), na semana passada.

Pierre informou que pretende se reunir com os representantes da empresa de engenharia ainda nessa semana. “A estimativa é de que, durante o ano de 2021, fique tudo pronto: todo o projeto arquitetônico, o projeto de engenharia, os estudos viários e de impacto ambiental”, declarou Emerim. A previsão é de a obra inicia-se ainda em 2021. Atualmente, é a ponte Giuseppe Garibaldi que interliga os municípios de Imbé e Tramandaí. Porém, ela vem apresentando inúmeros problemas na sua estrutura. Além disso, a ponte possui limite de peso e frequentemente apresenta congestionamento, principalmente na temporada de Verão.

Foto: Maurício Marque