20170607144524decon_deicNesta quarta-feira (7), policiais da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor, Saúde Pública e Propriedade Imaterial (DECON/DEIC), em ação conjunta com o Conselho Regional de Farmácia e Vigilância Sanitária de Santo Antônio da Patrulha, efetuaram o cumprimento de mandado de busca e apreensão em um depósito clandestino localizado nos fundos de uma farmácia do município. O proprietário do estabelecimento foi preso em flagrante por crime contra a saúde pública.

Segundo o delegado Rafael Liedtke, durante as diligências policiais a partir do recebimento de denúncias dando conta da venda e do armazenamento de medicamentos sem procedência nesse local, os agentes públicos constataram diversas irregularidades, sendo localizados e apreendidos variados tipos de medicamentos de venda restrita à apresentação de receitas médicas, todos sem procedência comprovada.

Segundo Diretor de Investigações do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), delegado Sander Cajal, a venda desses medicamentos sem a apresentação da necessária prescrição médica ocasiona sérios riscos a saúde desses consumidores, em especial, a utilização de remédios controlados.