thumb (2)O vazamento de um produto químico em uma empresa terceirizada da General Motors (GM), ocorrido no final da madrugada desta segunda-feira, causou intoxicação em 14 funcionários em Gravataí, na região Metropolitana. O grupo de pessoas foi encaminhada ao hospital Dom João Becker com irritação nos olhos e na mucosa nasal. Todos estão em condição estável.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a corporação não foi avisada do vazamento e tomou conhecimento do ocorrido já na manhã de hoje. Em contato com responsáveis da empresa, os bombeiros descobriram que o vazamento de um produto químico usado na fabricação de espumas ocorreu às 5h.

Conforme os bombeiros, o vazamento não foi grande e já foi contido. A assessoria da GM, que é responsável pelo complexo, confirmou a situação, porém não deu detalhes sobre o produto químico. A empresa sistemista é responsável pela produção dos bancos dos veículos. A GM informou ainda que as atividades não foram interrompidas.

A Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMMA) de Gravataí já realizou uma vistoria no local e confirmou que uma pequena quantidade de isocianato, produto químico utilizado na fabricação de espuma para estofamentos, teria vazado dentro da empresa.


There is no ads to display, Please add some