O prefeito Roger Caputi recebeu em seu gabinete o presidente do Sindicato dos Lojistas do Litoral Norte e Centro do RS (Sindilojas Litoral Centro) e 1º vice-presidente da Federação do Comércio do Rio Grande do Sul (Fecomércio-RS), Joel Dadda; e o diretor regional doServiço Social do Comércio e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Estado (Sesc/Senac-RS), José Paulo da Rosa. Também esteve presente na reunião, o vice-prefeito municipal Martim Tressoldi.

O principal tema debatido durante o encontro foi a construção de uma estrutura abrangendo as novas unidades do Sesc e Senac no município. Segundo Dadda, a ideia é poder ter um local onde haja serviços em diferentes áreas como saúde, educação, lazer e cultura. “O objetivo é construir um complexo com salas de aula para realização de cursos, biblioteca, academia, espaços para saúde e para a realização de atividades voltadas à terceira idade, estacionamento, além de um teatro com capacidade para 550 pessoas, com toda a infraestrutura necessária”, explicou o1º vice-presidente da Fecomércio-RS. Ainda conforme o presidente do Sindilojas Litoral Centro, a estrutura prevista é de aproximadamente 2,5 mil metros quadrados, com investimentos do Sistema Fecomércio-RS para a execução da obra.

Para isso se concretizar, são necessárias mudanças na Lei Municipal nº 6.425, de 10 de dezembro de 2020, a qual autoriza o Poder Executivo a doar área específica com esta finalidade. Segundo o texto, o auditório e as salas adjacentes do imóvel doado pela prefeitura devem ser compartilhados entre o Executivo local e o Sesc, devendo ambos ajustarem um calendário anual de eventos.

O diretor regional do Sesc/Senac aproveitou a ocasião para apresentar as possíveis alterações da Lei. Para ele, é de suma importância a parceria com o Executivo municipal, em prol da comunidade osoriense e de toda a região. “Um complexo desta magnitude irá gerar inúmeros benefícios à população local e do Litoral Norte”, declarouJosé Paulo da Rosa.

Foto: PMO


There is no ads to display, Please add some