vacina

Subiu para 17 o total de vítimas da gripe A no Rio Grande do Sul em 2017. O número foi atualizado nesta sexta-feira, quando mais dois óbitos foram confirmados por conta da doença. De acordo com secretário Estadual da Saúde, João Gabbardo, uma das vítimas havia se vacinado, tornando-se a primeira morte de alguém que havia se imunizado neste ano.

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, as duas novas vítimas registradas são homens e estavam infectadas com o vírus H3N2. Um tinha 53 anos e era morador de Sapucaia do Sul. Não havia sido vacinado e não tinha doenças crônicas. O outro, de 64, era natural de Santa Cruz do Sul e tinha sido imunizado.

O número de vítimas fatais devido à gripe A apresenta redução na comparação com o mesmo período do ano passado – quando 177 pessoas já haviam morrido, a maioria em decorrência do vírus H1N1. No entanto, a variação do vírus H3N2 está mais violenta em 2017.

A campanha de vacinação terminou semana passada com cobertura de 85% dos grupos prioritários no Rio Grande do Sul. O resultado é considerado inferior a meta de 90% estipulado pelo Ministério da Saúde.