A Secretaria Estadual da Saúde confirmou na manhã desta segunda-feira (20) a 27ª morte pela Covid-19 no Rio Grande do Sul. O caso se trata de um homem de 71 anos, que morava em Porto Alegre. O idoso tinha histórico de doenças crônicas, e estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Ernesto Dornelles, na capital, desde o dia 30 de março.

Essa é a décima morte registrada pelo novo coronavírus em Porto Alegre. Outras 13 cidades tiveram mortes confirmadas pela doença, sendo duas no Litoral Norte: Cidreira (1) e Arroio do Sal (1). Nesta segunda-feira, o número de pessoas infectadas no Estado passou dos 800, sendo 25 apenas aqui na região. Vale ressaltar que esse número é da SES. Entretanto, as secretarias de Saúde dos municípios apresentam números diferentes.

Até este domingo (19), foram confirmados 30 casos da doença, sendo 14 apenas em Torres (a SES confirma nove casos de Covid-19 na cidade). As outras cidades do Litoral Norte que apresentaram casos do Coronavírus são: Capão da Canoa (6), Arroio do Sal (2), Cidreira (2), Osório (2), Santo Antônio da Patrulha (2), Imbé (1) e Tramandaí (1).

Vale ressaltar que desse total, 20 pessoas já foram diagnosticadas curadas da doença, incluindo os dois casos de Osório. No município, conforme o último Boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, foram realizados 47 testes do Covid-19, os quais dois deram positivos, 43 negativos e outros dois aguardam o resultado. O número de pessoas que apresentam sintomas da doença na cidade caiu para 35. Todas seguem sendo monitoradas e em isolamento domiciliar.

NÚMEROS

Neste final de semana o número de casos confirmados de Covid-19 no mundo ultrapassou os 2,4 milhões. No Brasil esse número chegou aos 39 mil. Em relação ao número de óbitos, aproximadamente 166 mil pessoas já morreram por causa do novo coronavírus em todo o planeta, sendo quase 2,5 mil apenas aqui no país. Em contrapartida, 633 mil pessoas já foram diagnosticadas curadas da doença, o equivale a 26,3% do total de infectados. No Brasil são mais de 22,1 mil pessoas curadas, o que equivale a mais da metade (aproximadamente 56,3%) das pessoas infectadas com o novo coronavírus no país.