SAMU DE IMBÉ FECHA POR FALTA DE RECURSOS

Neste sábado (04/12) parou de funcionar a Base do Samu de Imbé, enfermeiros e condutores estão com os salários atrasados a mais de dois meses, os repasses que o governo federal e estadual deveriam realizar mensalmente para a administração de Imbé também está atrasados há meses.

A empresa que administrava às operações do Samu de Imbé ( Lider ) também não renovou o convênio com o estado pelo atrasado dos pagamentos.

No mês de março deste ano o ministro da saúde Agenor Álvares da Silva já tinha anunciado que a verda destinada para o Samu e a Farmácia Popular acabariam no mês de agosto ou setembro, alegando que o ministério estaria com dificuldades financeiras.

Imbe com uma população estimada em 21 mil habitantes, ficará carente a partir de agora de um atendimento especializado em emergência, não existe nenhuma previsão de reabrir e pode até mesmo fechar em definitivo a base do Samu/Imbé.