17817136Os saques das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) começa em março e vão até julho, segundo o site de notícias G1. O calendário completo será anunciado oficialmente na manhã desta terça-feira (14) pelo presidente Michel Temer, em Brasília.

O que fazer com o dinheiro do FGTS?

A ordem dos saques segue a data de nascimento do trabalhador. Confira o calendário preliminar:

Saque em março: para quem nasceu em janeiro e fevereiro;

Abril: para nascidos em março, abril e maio;

Maio: correntistas que nasceram em junho, julho e agosto;

Junho: nascidos em setembro, outubro e novembro;

Julho: quem nasceu em dezembro.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a Caixa Econômica Federal estuda abrir algumas agências bancárias aos sábados para diminuir o movimento nas agências bancárias para o saque e, ainda, transferir automaticamente dinheiro das contas inativas para correntistas do banco. Outra medida é elevar o valor que pode ser sacado nas lotéricas com o cartão do cidadão.

Como saber se você tem uma conta inativa no FGTS?

As contas inativas do FGTS são aquelas de trabalhadores que pediram demissão e não puderam sacar o dinheiro. O acesso a esse recurso só poderá ser feito pela pessoa que deixou o emprego até 31 de dezembro de 2015.

Segundo o Ministério do Trabalho, 18,6 milhões de contas enquadram-se neste critério. Nelas, estão depositados R$ 41,4 bilhões – a maior parte tem saldo inferior a um salário mínimo e 94% dos cotistas têm saldo entre zero e R$ 3,5 mil.

A estimativa do governo é que 70% dos trabalhadores que têm direito ao saque retirem os recursos dessas contas inativas, injetando, assim, cerca de R$ 30 bilhões na economia. Anteriormente, somente quem estivesse desempregado por ao menos três anos ininterruptos tinha direito a sacar o FGTS de uma conta inativa.