Um jovem de 21 anos, natural de Venâncio Aires, desapareceu no mar da Praia da Cal na manhã desta quarta-feira, 09 de março. O caso ocorreu em frente à guarita 10 em torno das 10h30. Este foi o primeiro caso de provável afogamento em Torres, conforme o capitão Rodrigo Canci Piorosan, comandante do Corpo de Bombeiros local. Apesar do grande movimento nas praias, a atuação dos salva-vidas foi encerrada pelo Governo do Estado no dia 29 de fevereiro. A prefeita Nílvia Pereira Pinto disse que “lastimo a perda de uma vida que poderia ser poupada se fosse mantido o trabalho dos salva-vidas que exemplarmente este ano evitaram várias mortes.”

A ocorrência foi registrada na Delegacia de Política de Torres onde consta que Flávio Itamar Moraes Lopes, de 21 anos, acompanhado da namoradaBruna e mais os primos foram à Praia da Cal. Ele teria dado um mergulho e sumidonas águas. O registro foi realizado por Bruna que também providenciou em chamar os bombeiros no local .

De acordo com o capitão Rodrigo, várias buscas estão sendo realizadas com jet ski. A operação conta com o apoio dos salva-vidas de Santa Catarina, onde o serviço ainda é prestado. Se for necessário, será solicitado apoio aéreo. Destaca que diante da retirada dos salva-vidas nas praias gaúchas, solicitou reforço para a prestação de serviço do Corpo de Bombeiros, assim como para todo o Litoral Norte, mas que não foi atendido. Informa que vai reiterar o pedido. Ele também lastima por esta provável morte por afogamento e salienta que devido o fato ter ocorrido em frente à guarita, o jovem poderia ter sido salvo se ali estivesse um salva-vidas.