thumbDepois de um mês e quatro dias de greve, os servidores do Detran irão retomar as atividades nesta terça-feira. A decisão foi divulgada pela empresa, na noite desta segunda-feira, após reunião feita entre o sindicato e a direção da entidade, quando concordaram pelo encerramento da paralisação que teve início no dia 11 de julho e a compensação dos dias não trabalhados.

De acordo com o Detran, aproximadamente 20 mil exames, entre teóricos e práticos, não foram realizados por causa da greve. A recuperação das provas e de todas as atividades de trânsito ocorrerá por meio de cronograma de execução.

Em assembléia geral que teve a participação de 400 servidores, a direção do Sindicato dos Servidores do Detran gaúcho (Sindet) optou por encerrar a paralisação para minimizar os prejuízos a quem precisa do serviço. Em nota, o sindicato disse confiar na promessa do governo estadual em “efetivar a mesa de negociações com o retorno ao trabalho”. A classe também espera que “haja evolução no desenvolvimento de estudos em relação à viabilidade do atendimento aos pleitos da categoria, assim como o cumprimento do plano de carreira dos trabalhadores”.

O Sindet reclama da dificuldade no diálogo com o governo, o que levou a categoria a optar por entrar em greve. As exigências da categoria diziam respeito a projetos estratégicos para aumentar em cerca de R$ 55 milhões por ano a arrecadação do departamento, com ajustes de gestão e sem ônus para o cidadão.