Nesta segunda-feira (13), a Federação do Comércio de Bens e Serviços do Estado do Rio Grande do Sul (Fecomércio-RS), comemorou os 75 anos de atuação do Serviço Social do Comércio (Sesc) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Administrados pela Fecomércio, Sesc e Senac foram instalados no Estado em setembro de 1946, cumprindo com os propósitos de educar para o trabalho em atividades do comércio de bens, serviços e turismo e de promover ações para o bem-estar social nas áreas de Saúde, Educação, Cultura, Esporte e Lazer.

“Neste período, capacitamos milhões de pessoas pelo Senac. No Sesc, também atendemos milhões de gaúchos todos os anos nas áreas de saúde, educação, assistência, turismo, cultura, esporte e lazer. Passamos por muitas transformações desde setembro de 1946 – crescemos e nos desenvolvemos, acompanhando as mudanças sociais. Estamos muito felizes em poder comemorar mais um ano de Sesc e Senac ao lado do povo gaúcho, que acolhe as nossas instituições e é parte dessa história”, declarou o presidente do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac, Luiz Carlos Bohn.

SESC – Cuidar, emocionar e fazer pessoas felizes é o propósito do Serviço Social do Comércio, ao chegar aos seus 75 anos de atuação no RS. Em cada entrega para os gaúchos, o foco é o ser humano e a capacidade de ampliar seus horizontes e ser feliz. Nestas sete décadas e meia, as estruturas físicas foram estrategicamente ampliadas e modernizadas para atender ainda mais pessoas nos 497 municípios.

Atualmente, a oferta de serviços acontece por meio de 51 unidades operacionais físicas espalhadas pelo Estado, sendo elas três hotéis: em Torres, Gramado e Porto Alegre, além de uma pousada em Caxias do Sul. As unidades móveis complementam esta abrangência com atendimentos nas áreas de Saúde com as Unidades Móveis de Odontologia (OdontoSesc) e Unidades Sesc de Saúde Preventiva (USSP); de Educação e Cultura com as bibliotecas itinerantes (BiblioSesc); e de Lazer com as Unidades Móveis de Cultura e Lazer (Recrearte), que além de um palco sobre rodas promovem a diversão das comunidades por onde passam, estimulando também o desenvolvimento de artistas locais. Tudo isso ampliou significativamente o alcance do Sesc ao longo de sua existência quando o assunto é a promoção do bem-estar social dos gaúchos.

Com a chegada da pandemia de Covid-19, além de manter sua estrutura física, a instituição acompanhou as necessidades de reinvenção dos serviços para o formato on-line e passou a oferecer alternativas para que os gaúchos seguissem usufruindo dos atendimentos mesmo a distância. Exemplos disso são as atuações da Academia On-line, dos Seminários de Educação, que têm reunido centenas de pessoas em ambientes virtuais, assim como os momentos de cultura e lazer que permanecem promovendo interação com o público por meio do Arte Sesc em Casa, Teatro a Mil e Música a Mil, estes reunindo estudantes em torno da arte em sessões virtuais exclusivas.

Neste período de atuação, os atendimentos do Programa de Comprometimento e Gratuidade (PCG) já ultrapassaram 3 milhões de inscritos e na área de Ação Social, por exemplo, só o Programa Mesa Brasil já distribuiu mais de 13,2 milhões de quilos de alimentos a entidades assistenciais cadastradas e monitoradas no Estado.

SENAC – Mudar a vida das pessoas por meio da educação profissional é o compromisso do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Rio Grande do Sul, que já capacitou mais de sete milhões de gaúchos. Para cumprir sua missão de “Educar para o trabalho em atividades de comércio de bens, serviços e turismo”, o Senac mantém um portfólio com mais de 600 cursos em diferentes níveis: pós-graduação, graduação, técnicos, cursos livres e de aprendizagem.

O Senac-RS – que tem 51 escolas e 2 faculdades (Faculdade Senac Porto Alegre e Faculdade de Tecnologia Senac Pelotas) – conta com 51 mil alunos (cursos presenciais e a distância). Destes, cerca de 12 mil alunos são do curso de Jovem Aprendiz – reconhecido no Brasil por ser a primeira oportunidade de emprego, a porta de entrada para o mercado de trabalho. Além dos jovens da Aprendizagem, os cursos do Senac contemplam pessoas com diferentes idades, em vários de seus cursos. Atualmente, os alunos mais novos do Senac têm quatro anos de idade e fazem o curso de Inglês na instituição, que também tem estudantes com idade acima de 80 anos.

Desde o início da pandemia, muitos dos cursos migraram para o ensino remoto – a instituição mudou rapidamente e com eficiência para que os alunos continuassem com suas aulas. No total, 22,6 mil alunos ainda estão estudando remotamente. O Senac-RS também entendeu a necessidade do mercado durante a pandemia e, com o objetivo de auxiliar os empresários e profissionais da área que precisaram se adaptar aos diferentes modelos de negócio, lançou novos cursos com aulas realizadas de forma 100% remota e ao vivo. As capacitações, de rápida duração, foram focadas na venda, comércio e fidelização de clientes, com o objetivo de qualificar ainda mais a força de trabalho do setor terciário.

SESC E SENAC EM NÚMEROS NO RS

  • – Atividades sistemáticas nos 497 municípios gaúchos;
  • – 51 Escolas de educação profissional do Senac e 51 unidades operacionais do Sesc;
  • – Duas faculdades (Faculdade Senac Porto Alegre e Facudade de Tecnologia Senac Pelotas;
  • – 51 mil Alunos em cursos presenciais e a distância (Senac);
  • – Aproximadamente 15 mil Alunos atendidos pelo Programa Senac de Gratuidade (PSG);
  • – Três hotéis e uma pousada;
  • – Seis unidades móveis de Odontologia, dois de Saúde Preventiva, duas BiblioSesc’s e dois RecreArte´s;
  • – Mais de 13,2 Milhões de quilos de alimentos distribuídos pelo Programa Mesa Brasil Sesc;
  • – Mais de três Milhões de inscritos em atividades do Programa de Comprometimento e Gratuidade (PCG).

Foto: Divulgação


There is no ads to display, Please add some