OSÓRIO – Foi decretada nesta segunda-feira (2) a prisão de um suspeito de estar envolvido na morte de um motorista de Uber. O caso ocorreu em maio de 2018 no município e desde então está sendo investigado pela Polícia Civil.

Segundo o delegado João Henrique Gomes, o fato chamou muita à atenção, sobretudo pela quantidade de disparos de armas de fogo e dos calibres das armas que havia no veículo e na vítima, tendo sido realizadas diversas diligências, por meio da equipe da seção de investigação da Delegacia de Polícia do município, que resultaram na apuração da autoria e na motivação, com diversos indiciamentos e em representações deferidas pelo Judiciário local.

O suspeito já se encontra preso na Penitenciária Modulada Estadual de Osório (PMEO) devido a outros crimes cometidos na cidade. Ele seguirá preso até o julgamento do caso.

O CASO

O motorista de aplicativo Jonas da Silveira Carcalho, de 33 anos, foi morto a tiros dentro do seu veículo quando trafegava pela Rua General Osório, no bairro Sulbrasileiro. O crime ocorreu na madrugada do dia 25 de maio de 2018. Deste a Polícia Civil investiga o caso, porém ainda não confirmou o (s) autor (es) responsável (eis) pela morte do condutor.