A polícia prendeu três pessoas suspeitas de participar do assassinato do estudante Matheus Meneguzzi da Rosa, na madrugada do último domingo (28), em uma festa de estudantes da Escola Luiz Moschetti de Capão da Canoa. Os nomes não foram divulgados pela Polícia Civil. Eles tiveram a prisão decretada pela Justiça e foram encaminhados ao sistema prisional.
Segundo informações da Polícia Civil, um dos suspeitos confirmou que jogo o revólver utilizado na ação em uma lagoa.
O crime ocorreu em uma residência localizada na Rua Canopo, Bairro Arco-Íris. Matheus Meneguzzi da Rosa foi socorrido, mas morreu no hospital.

Matheus Meneguzzi da Rosa foi socorrido, mas morreu no hospital